Nota de Esclarecimento

Nota de Esclarecimento

A saúde sempre foi pauta central no governo Berg Lima. Seja em 2017 ou quando reassumiu o poder executivo municipal, a gestão manteve um olhar atento a uma das áreas que mais foram sucateadas pelos antigos governantes de Bayeux. Ainda em 2017, o cenário da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da nossa cidade era precário. Uma UPA maquiada e entregue a população apenas com um olhar político, sem, de fato, se preocupar com a saúde do povo.

Agora, em 2019, a Prefeitura já consegue mostrar um novo ritmo na gestão da saúde, como também em outras pastas. Um modelo constatado e aprovado pela população, que tem visto e vivenciado a melhoria nos serviços públicos. Com a UPA não é diferente. Mesmo com todas as dificuldades criadas pelos antigos gestores, o governo Berg Lima sempre buscou, com todas as forças, oferecer um serviço humanizado e que pudesse abraçar a população como ela merece. Diferente de outras gestões, que apenas preocupavam-se com politicagem e o poder.

Na noite desta terça-feira (14), um incidente foi orquestrado por um cidadão que é assessor de uma Parlamentar do legislativo, ele agrediu verbalmente uma das médicas da UPA. Diante disso o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) foi acionado para a proteção da profissional que estava sendo acuada no exercício de sua profissão.

O CRM-PB aproveitou a ocasião para fiscalizar a Unidade, e constatou algumas irregularidades, que foram deixadas pelo caos das gestões passadas. O Município também sofre com licitações irregulares, de medicamentos e ar condicionados realizadas por governos anteriores e que nunca chegaram.

Queremos esclarecer que a UPA continuará com sua área vermelha aberta fazendo atendimentos de emergência, apenas os atendimentos clínicos não serão realizados.

A Gestão Municipal pede desculpas a população e se compromete de  que em até 10 dias a UPA será reaberta, as demandas que foram pedidas pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) já estão sendo regularizadas.